Programa de Mobilidade Metropolitana (2012)


 OUÇA A ENTREVISTA DO SECRETÁRIO NA CBN APÓS EVENTO REALIZADO PELA ASEVILA



Programa de Mobilidade Metropolitana. Esse foi o foco do encontro promovido pela Associação dos Empresários de Vila Velha (Asevila) em conjunto com a Secretaria de Estado de Transportes e Obras Públicas (Setop).

 


A reunião aconteceu no dia 17 de julho, no auditório da Rede Gazeta, e contou com a presença do secretário da Setop, Fábio Damasceno; de representantes da Asevila, do Sindicato da Indústria da Construção Civil no Estado do Espírito Santo (Sinduscon), do Sindicato das Empresas de Transportes de Cargas e Logística no Estado do Espírito Santo (Transcares), da Associação dos Empresários de Cariacica (AEC), do Sindicato das Indústrias de Rochas Ornamentais Cal e Calcário do Espírito Santo (Sindirochas), da Associação das Empresas Permissionárias de Regime Aduaneiro (Apra), do Instituto Federal do Espírito Santo (IFES), de escolas da rede estadual, da Associação do Polo Empresarial de Novo México, entre outros.

 


Maior investimento do Governo do Estado no setor na região metropolitana, o programa engloba 51 ações, como a pavimentação de 179 km de vias, reformas de terminais e melhorias na frota de ônibus. De acordo com o projeto, todos os municípios da região serão beneficiados com obras.

 


"O grande objetivo do programa é desenvolver a qualidade de vida dos cidadãos. Desse modo, é preciso investir e reorganizar os espaços urbanos. Sendo assim, o transporte público coletivo é peça fundamental nesse processo. Todas as ações gerarão melhorias de médio e longo prazos. Mas muita coisa já foi iniciada, como a construção da alça da Terceira Ponte, a modernização do Terminal de Vila Velha e alterações nas estruturas das avenidas Fernando Ferrari e João Palácios", comenta o secretário da Setop, Fábio Damasceno.

 


O Programa de Mobilidade Urbana também envolve a implantação de um novo modelo de transporte, o BRT. Nesse sistema, serão desenvolvidos corredores exclusivos para ônibus, assim como veículos com tecnologia limpa, com programação e horários controlados, além de bicicletários e estacionamentos.

 


"Um dos pontos altos da reunião foi a clara posição do secretário da Setop ao dizer que a mobilidade de cargas também faz parte do projeto, especialmente no que diz respeito ao acesso dos porto de Vitória e ao de Capuaba, que receberão tratamento adequado. Inclusive, eles contarão com pistas exclusivas para caminhões, com o intuito de agilizar o atendimento das demandas atuais e de futuras, pois essas obras aumentarão significativamente a capacidade operacional", analisa Pedro Paulo Fatorelli Carneiro, membro do Conselho Operacional da Asevila.   

 


Outro processo fundamental que o conselheiro destaca é o de requalificação pelo qual o trecho da BR 262, em Cariacica, e a Avenida Carlos Lindenberg, em Vila Velha, passarão. No projeto, estão previstas a implantação de anéis externos, vias de contorno (a partir da BR 101, em Viana, ligando ao Porto de Capuaba, e a partir do contorno de Vitória até a Beira Mar de Cariacica).


 

"Essas intervenções em portos e no sistema viário são de fundamental importância para a atração de cargas, pois irão permitir a prestação de serviços logísticos adequados às necessidades dos clientes, gerando emprego e renda para a sociedade produtiva envolvida com o porto, cujas atividades respondem hoje pela maior parcela de arrecadação de Vitória e de Vila Velha", salienta Pedro Paulo.

 





Comentário

  • Nome Completo:
    Email:
    Digite aqui seu Comentário:
    Enviar
Espírito Santo em Ação © Copyright 2009, Asevila

Av. Luciano das Neves, 209, Edf. Dom Estevam, sala 506, Centro, Vila Velha - ES
CEP: 29.100-201 / CNPJ: 09.238.172/0001-72