Crise afeta exportações e importações capixabas

 

A crise econômica na Europa, a desaceleração no crescimento da China e as incertezas dos negócios no comércio internacional do Espírito Santo fizeram com que as importações e as exportações capixabas permanecessem em queda, entre janeiro e julho deste ano.

As importações feitas pelo Estado registraram um montante de US$ 5,08 bilhões, o que significou uma queda de 13%, se comparado ao mesmo período do ano passado. Já as exportações atingiram US$ 7,12 bilhões, uma desaceleração de 16%, em relação aos sete primeiros meses de 2011.

Os dados foram divulgados pelo Sindicato do Comércio de Exportação e Importação do Estado do Espírito Santo (Sindiex), utilizando como base o levantamento feito pelo Ministério de Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (Mdic). A corrente de comércio do Estado está negativa em 15% no período analisado.

O produto que mais contribuiu com a queda nas importações capixabas foi o carvão mineral (-47%), seguido de equipamentos elétricos (-22%), pneus (-21%), automóveis (-20%) e máquinas (-8%). O único item que registrou crescimento foi o de "tecidos, fios e vestuários", que superou em 7% o montante registrado de janeiro a julho de 2011.


Comentário

  • Nome Completo:
    Email:
    Digite aqui seu Comentário:
    Enviar
Espírito Santo em Ação © Copyright 2009, Asevila

Av. Luciano das Neves, 209, Edf. Dom Estevam, sala 506, Centro, Vila Velha - ES
CEP: 29.100-201 / CNPJ: 09.238.172/0001-72