Veja resultado por bairro nos municípios de Vitória e Vila Velha

 

Na Capital, maior vantagem de Luciano foi em Jardim Camburi. Luiz Paulo venceu na Praia do Canto. Em Vila Velha, Rodney liderou na área nobre, e Neucimar, na periferia



O mapa eleitoral de Vitória mostra que foi na região continental da cidade que Luciano Rezende (PPS) abriu vantagem sobre Luiz Paulo Vellozo Lucas (PSDB) e garantiu a primeira posição no primeiro turno. Dos 73,7 mil votos dados ao candidato do PPS, 15.270 vieram dos bairros Goiabeiras, Jardim da Penha, Mata da Praia e Jardim Camburi - neste último foi registrada a melhor performance: 6,7 mil votos.



A GAZETA utilizou como base de cálculo dados do Tribunal Regional Eleitoral (TRE). Considerando-se 49 bairros da Capital, Luciano sagrou-se vitorioso em 26. Estão neste grupo comunidades beneficiadas pelo Projeto Terra, desenvolvido pelo tucano em seus oito anos de mandato (1997-2004) à frente da Capital. 




Embora o programa de desenvolvimento econômico e combate à pobreza tenha voltado à cena na propaganda de Luiz Paulo como iniciativa a ser retomada, ele perdeu para o adversário na Ilha das Caieiras e na Grande São Pedro, por uma diferença de 427 votos. São regiões onde o programa foi implantado no passado.




A campanha do "gesto da mudança" defendida por Luciano lhe rendeu vantagem em bairros populosos e residenciais, como Jardim da Penha (5.469 votos), Itararé (3.070), Maruípe (3.810) e Mata da Praia (1.771).


O resultado por bairros em Vitória - Clique para ampliar


Luiz Paulo e sua promessa de uma "Vitória cheia de vida" agradaram aos moradores de redutos tradicionais. Na Praia do Canto, bairro nobre da cidade, o tucano obteve desempenho robusto: 4.413 votos. Em Bento Ferreira, o candidato do PSDB foi escolhido por 3,2 mil eleitores e na Grande Santo Antônio, alcançou a marca de 3.170 votos.



Em Tabuazeiro, onde só existe uma seção eleitoral e 134 eleitores cadastrados, Luiz Paulo recebeu 35 votos e Luciano, 55. Proporcionalmente, o candidato do PPS ficou com 41% dos votos do bairro.


DERROTA DO PT


A candidata Iriny Lopes (PT), que ficou em terceiro lugar na disputa com apenas 18,41% dos votos válidos em Vitória, perdeu para os adversários em todos os bairros. De seus 34,6 mil eleitores, 2.411 estão em Jardim da Penha. Foi a melhor marca da petista.



O PT alcançou 2 mil votos no Centro e 1.596 na região de Santo Antônio. O desempenho nos bairros mais nobres foi pífio se comparado ao dos adversários: 929 votos na Praia do Canto, 259 em Santa Lúcia e 42 na Ilha do Boi. Iriny não definiu qual será sua postura no segundo turno, que acontece no próximo dia 28.



O raio-x da votação nos bairros de Vila Velha mostra que o deputado estadual Rodney Miranda (DEM) teve melhor desempenho na área mais nobre da cidade, como a orla, o Centro e em alguns bairros tradicionais. O prefeito Neucimar Fraga (PR), que disputa o segundo turno com o democrata no próximo dia 28, saiu-se melhor nas regiões de periferia.



O mapa da votação por bairros foi feito por A GAZETA com base em dados do Tribunal Regional Eleitoral (TRE).



VILA VELHA


O levantamento mostra que, apesar de Rodney ter ficado na frente no primeiro turno, Neucimar foi quem venceu em mais bairros: 25 no total, além de empatar em um com Max Filho (PSDB), que ficou em terceiro lugar na corrida pela prefeitura.



Rodney obteve melhor desempenho em 23 bairros, incluindo os mais populosos, enquanto Max venceu em cinco.



Desempenho 


O democrata foi o mais votado, por exemplo, em Coqueiral de Itaparica, onde obteve 5.758 votos, sendo 1.608 a mais que Neucimar. Os locais em que Rodney venceu Neucimar com mais folga foram a Glória e o Centro, com diferença superior a dois mil votos. 





O resultado por bairros em Vila Velha - Clique para ampliar



Rodney também foi o campeão na Praia da Costa, em Itapoã, em Itaparica e na Prainha.


Já nas regiões da Grande Terra Vermelha e da Grande Cobilândia, Neucimar foi o vencedor na maioria dos bairros. Em Terra Vermelha, o atual prefeito recebeu 1.992 votos, quase o triplo dos 726 obtidos por Rodney. Na região, ele também se destacou em Ulysses Guimarães e Morada da Barra.



Em Vale Encantado, o saldo de votos para Neucimar foi de quase 2 mil a mais que Rodney. A maior votação do republicano foi em Cobilândia, onde conseguiu 4.357 votos. Ele também se destacou em Jardim Marilândia, Rio Marinho, Santa Rita e Residencial Jabaeté.



No bairro em que iniciou sua vida como líder comunitário, Soteco, Neucimar também venceu, mas a diferença foi de menos de 300 votos em relação ao democrata.


Repetição



Os locais em que Neucimar teve votação de maior destaque são praticamente os mesmos em que ele venceu na última eleição municipal, em 2008. Na época, no entanto, ele foi o mais votado em 34 bairros, contra 19 do então candidato a prefeito Hércules Silveira (PMDB).



A dicotomia entre periferia e orla também ocorreu na eleição passada, mas agora Neucimar perdeu espaço para Rodney em redutos de classe média e tradicionais, onde venceu Hércules em 2008, como Aribiri, Ataíde e Novo México.



Max Filho vence apenas em cinco bairros



O terceiro colocado nas urnas, o ex-prefeito Max Filho (PSDB), venceu em seis bairros, sendo que em um deles empatou com Neucimar Fraga (PR).



O tucano levou a melhor em: Jardim Colorado, Argolas, Cobi de Baixo, Xuri e Seringal. Em São Conrado, ele obteve 121 votos, o mesmo que o republicano alcançou.



Todos os bairros em que Max se saiu melhor do que os concorrentes que disputam o segundo turno possuem um eleitorado pequeno, e em nenhum o tucano conseguiu emplacar uma diferença significativa em relação aos adversários. A maior votação do ex-prefeito entre esses bairros foi em Jardim Colorado, em que foi escolhido por 809 eleitores.



Os bairros que deram mais votos a Max Filho - embora ele não tenha sido o campeão nesses locais - foram Centro, onde chegou a 3.275 votos; Coqueiral de Itaparica, com 3.181; e Itapoã, 2.861. Na Glória, em Aribiri e no Ibes, o tucano ultrapassou Neucimar Fraga em número de votos, perdendo apenas para o candidato Rodney Miranda (DEM).




No total, a eleição em Vila Velha teve o comparecimento de 243.074 eleitores. Desses, 82.574 optaram por Rodney, o equivalente a 37,62% dos votos válidos.



Neucimar recebeu 77.468 ou 35,30%. Max Filho teve 53.317, o que representa 24,29%. João Batista Babá (PT) obteve 5.116, 2,33% dos votos válidos. Já Alan Melo (PSOL) recebeu 1.012 votos ou 0,48%. Outros 12.517 eleitores anularam o voto, e 11.070 votaram em branco.





Comentário

  • Nome Completo:
    Email:
    Digite aqui seu Comentário:
    Enviar
Espírito Santo em Ação © Copyright 2009, Asevila

Av. Luciano das Neves, 209, Edf. Dom Estevam, sala 506, Centro, Vila Velha - ES
CEP: 29.100-201 / CNPJ: 09.238.172/0001-72