Rodney Miranda anuncia mais seis secretários

 

O prefeito eleito de Vila Velha, Rodney Mirada (DEM), anunciou mais seis secretários nesta terça-feira (18), totalizando 20 membros da sua equipe. O novo prefeito frisou que a escolha dos comandantes das pastas de Administração, Desenvolvimento Econômico, Serviços Urbanos, Educação, Saúde e Ação Social foi baseada no perfil técnico dos indicados. O secretário de Esporte e Lazer ainda não foi definido.


O coordenador da equipe de transição do prefeito eleito, o economista Wallace Millis, ficará à frente da Secretaria de Educação. Para a pasta de Saúde, a indicada é a ex-Secretária da Saúde de Santa Tereza, Andréa Passamani Barbosa Corteletti. O analista financeiro Edson Silva Ferreira vai assumir a Secretaria de Desenvolvimento Econômico.


O ex-assessor de relações comunitárias e sub-secretário parlamentar da Prefeitura de Vitória, José Eliomar Brizolinha (DEM), será o responsável pela pasta de Serviços Urbanos. O atual controlador geral da Serra e ex-procurador geral do município, o advogado Severino Alves da Silva Filho, (PDT) ocupará a Secretaria de Administração.


O vice-prefeito eleito Rafael Favatto (PRB) acumulará a função de secretário de Ação Social. De acordo com Rodney Miranda, será possível conciliar o trabalho já que toda a equipe vai atuar de forma conjunta na sua gestão.


Os secretários, frisou o prefeito eleito, terão autonomia para escolher as suas equipes. Entretanto, a orientação é reduzir o quadro de pessoal em no mínimo 20%. A expectativa de Rodney é que seja feito um enxugamento da máquina de 34%. O número de secretarias já foi reduzido, passando de 21 para 19 pastas.


"Essa minha orientação de enxugamento está valendo a partir de agora. Quando eles tiverem montando as equipes deles, eles já estarão com a meta na cabeça de redução de 20% do quadro de pessoal. Todas as secretarias vão participar e depois vamos fazer um balanço geral também", disse.


Como primeira medida do seu governo, Rodney vai encaminhar à Câmara Municipal um pacote de projetos de lei para adequações administrativas, que ele denominou de "mini reforma administrativa". O objetivo é extinguir ou unir cargos.


Rodney Miranda destacou que a situação de Vila Velha é preocupante devido à dificuldade da atual gestão de fechar as contas. Ele disse que não ficará crédito na prefeitura. O valor de cerca de R$ 100 milhões, anunciados como crédito pela administração atual, já está comprometido com convênios.


Fonte: Rádio CBN Vitória (93,5 FM)


Comentário

  • Nome Completo:
    Email:
    Digite aqui seu Comentário:
    Enviar
Espírito Santo em Ação © Copyright 2009, Asevila

Av. Luciano das Neves, 209, Edf. Dom Estevam, sala 506, Centro, Vila Velha - ES
CEP: 29.100-201 / CNPJ: 09.238.172/0001-72