Praia Mole não tem espaço para superporto

 

O presidente da ArcelorMittal Brasil e também da planta de Tubarão, Benjamin Baptista, afirmou que a região de Praia Mole não oferece condições para instalação de um superporto, como querem alguns setores da economia no Estado.


A pedido do governador Renato Casagrande, o consórcio que gerencia Praia Mole - formado pela ArcelorMittal Tubarão, Usiminas e Gerdau (Açominas) - está realizando um estudo para definir a possibilidade de instalação de um terminal de contêineres e carga geral em Praia Mole.


"Nós já explicamos para o governador e outras autoridades que o principal empecilho para um superporto no local é mesmo a falta de terreno para a construção de uma retroárea grande o suficiente para atender este tipo de empreendimento", afirmou Baptista.


Mesmo assim, segundo ele, o consórcio aceitou fazer o estudo para a implantação de um terminal de contêiner no local.


O porto funciona a partir do navio que chega primeiro para ser descarregado ou carregado. No caso de contêiner, podem existir prioridades em algumas cargas, e nós não temos condições de atender", explicou Baptista, em entrevista na tarde desta quinta-feira (28).

 


Fonte: http://gazetaonline.globo.com/_conteudo/2013/11/oportunidades/vagas/1470134-arcelormittal-tubarao-contrata-mais-230-funcionarios-efetivos.html


Comentário

  • Nome Completo:
    Email:
    Digite aqui seu Comentário:
    Enviar
Espírito Santo em Ação © Copyright 2009, Asevila

Av. Luciano das Neves, 209, Edf. Dom Estevam, sala 506, Centro, Vila Velha - ES
CEP: 29.100-201 / CNPJ: 09.238.172/0001-72